COMDEUS | Comunidade Maria Mãe de Deus
 
Reflexão 12º Domingo do Tempo Comum – 25/06/2017
alt

Vós valeis mais do que muitos pardais.

“Eterna infâmia, que nunca se apaga!”. O Senhor nos chamou a fazer parte de seu rebanho e nos constituiu como filhos, herdeiros e embaixadores (2Cor 5,20) de sua Palavra. Assim somos testemunhas, anunciadores, os soldados de infantaria do Senhor. Portanto seremos perseguidos, caluniados, desprezados e tantas outras coisas que se sucederão em nossa caminhada, por isso que a infâmia nunca se apaga. Não pense que seguir o Senhor é se colocar em um pedestal para ser elogiado pelos homens, isso pode até acontecer se for “morno” (Ap 3, 15-16) em sua caminhada. Se for um Católico de IBGE, onde somente no censo aparece o que professa. O Profeta Jeremias sofreu muito por ser o Profeta da destruição, buscava abrir os olhos do povo, mas estes e os grandes do povo estavam com o coração fechado e o perseguiam e tentavam matá-lo a qualquer custo.

Quem somos nós para desejar uma vida Cristã tranquila e calma?

Leia mais...
 
Reflexão 11º Domingo do Tempo Comum - 18/06/2017
alt

Jesus chamou seus doze discípulos e os enviou.

“O Reino de Deus está próximo”. Estamos nos “últimos tempos” (CIgC 732), depois de Pentecostes já entramos nos últimos dias, isto quer dizer que a volta de Jesus pode acontecer a qualquer momento. Por isso que o anúncio da Igreja deve ser sempre como nos fala no Evangelho – Jesus ordena que saiam a anunciar a Boa Nova do Reino, mas este anúncio tem que ser acompanhado de prodígios – “Curai os doentes, ressuscitai os mortos, purificai os leprosos, expulsai os demônios”. Portanto irmãos, devemos ter em mente, que o Senhor quer ser anunciado a todos os povos para que todos tenham a chance de conhecer a verdade e possam fazer suas opções, na vida, de forma coerente e consciente. Por isso que «A Igreja existe para evangelizar, ou seja, para pregar e ensinar, ser o canal do dom da graça, reconciliar os pecadores com Deus e perpetuar o sacrifício de Cristo na Santa Missa, que é o memorial da sua morte e gloriosa ressurreição» (Exort. Ap.Evangelii nuntiandi, 8 de Dezembro de 1975, 14: aas 68, [1976], p. 13).

Leia mais...
 
« InícioAnterior12345678910PróximoFim »

Página 1 de 104