SANTA JULIANA FALCONIERI – 19/06

Santa Juliana nasceu em Florença no ano 1270. Era filha única de um casal idoso da dinastia dos Falconieri. Aos 15 anos entrou para a Ordem das Servitas, sob a orientação de são Filipe Benício. Com o apoio de religiosas, passou visitar hospitais e a desenvolver dezenas de obras de caridade. Viveu para o trabalho junto aos pobres e enfermos, as orações contemplativas e as penitências. Em 1304, fundou a Congregação das Servas de Maria, também chamada de Mantellate.

ORAÇÃO

Morreu aos 70 anos, em junho de 1341. Foi canonizada em 1737 pelo Papa Clemente XII.Ó gloriosa Santa Juliana, estamos diante de vossos pés com confiança filial de sermos exaltados. Nós vos pedimos as graças dos três amores celestiais, pelos quais, fostes de Deus a favorita, em vossa carreira mortal: O Ardente amor a Jesus Eucarístico. O amor a Virgem das Dores, e o amor aos pobres pecadores. Sois exemplo de virgindade, penitência, dedicação, amor ao próximo e de assistência aos mais necessitados. Concedei-nos por seus merecimentos, a graça de sempre termos em nossa vida uma incessante comunhão com Jesus Sacramentado, e com a Rainha das Dores, e que também possamos oferecer um sacrifício a Deus salvando almas que vivem longe Dele. Dai-nos vossa intercessão, e pelos méritos de Jesus e Maria, junto dos quais estais no Céu, sejais nossa potente advogada, e doce protetora, a fim de alcançarmos a pátria celeste. Amém.

Santa Juliana rogai, por nós.