Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

Reflexão 29º Domingo do Tempo Comum – 22 de Outubro de 2017

Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.

Deus é Senhor de todas as coisas e tudo está sob seu comando e nada escapa de suas mãos. É ele quem dá o poder aos homens a cuida de que tudo concorra para o bem daqueles que amam a Deus (Rm 8,28). Ele é capaz de colocar todas as coisas de forma a ser glorificado, mesmo quando os homens buscam outros caminhos, Deus permite até certo ponto, depois faz como lhe apraz.

O povo de Israel foi exilado na Babilônia por Nabucodonosor e ali ficaram durante uma geração (40anos), Deus assim o permitiu por causa dos pecados cometidos pelo seu povo, mas depois, suscitou Ciro, rei da Pérsia e retirou seu povo da escravidão e levo-os de volta a Terra Prometida – Palestina. Ciro não era Israelita, e sim Persa, mas para Deus isso não é nada, Ele usa dos meios que deseja para realizar sua vontade.

Quando Jesus estava diante de Pilatos e este colocando seu poder, Jesus lhe disse: “Não teria poder se este não lhe fosse dado pelo alto” (Jo 19,11). Como vemos, Deus está no controle de tudo, mas quando desviamos de sua vontade sofremos as conseqüências. E Deus respeita aqueles que Ele colocou no poder. “Daí a Cesar o que é de Cesar”. Pois bem, os césares de hoje são estes corruptos que dirigem nosso país. E Deus nos manda dar a eles o que é devido mesmo sendo eles o tipo de governante que destroem o povo com seus interesses mesquinhos e pessoais. Mas não ficará assim por muito tempo. Cesar caiu, Império Romano caiu, Hitler caiu e todos os que acham que são deuses caíram e continuarão a cair, pois Deus comanda o mundo conforme sua vontade. A nossa esperança é que este nosso governo irá cair. Mas Deus continua dizendo “daí a Cesar”.

Temos sim, que ser pessoas tementes a Deus e que procuram fazer sua vontade e ter a confiança que tudo será colocado da forma de Deus. Então não se preocupe se temos que pagar impostos e taxas a esse governo corrupto, Deus continua no comando. Cesar erra um imperador cruel e escravizava seu povo com impostos e tinha que ser adorado pelo povo e nem por isso Jesus foi contra seu governo, mas deixou para o Pai resolver o problema.

Confiemos em Deus e esperemos, que no momento em que Ele quiser, as coisas irão mudar. Isso não quer dizer que ficaremos pacíficos e inertes devemos buscar toda a mudança e os culpados pagarem pelos seus crimes, mas sabendo que Deus é quem tudo comanda.

Para nós o que precisamos é “a força que é o Espírito Santo”.

Antonio ComDeus

Reze o Terço da Misericórdia ao vivo conosco, de segunda a sexta-feira às 15h em nosso facebook www.fb.com/editoracomdeus

 

Liturgia 29º Domingo do Tempo Comum – 22 de Outubro de 2017

1ª Leitura – Is 45,1.4-6

Tomei Ciro pela mão direita, para que submeta os povos ao seu domínio.

 

Salmo – Sl 95,1.2a.3.4-5.7-8.9-10a.c (R. 7ab)

Ó família das nações, dai ao Senhor poder e glória!

 

2ª Leitura – 1Ts 1,1-5b

Recordamos sem cessar da vossa fé, da caridade e da esperança.

 

Evangelho – Mt 22,15-21

Dai, pois, a César o que é de César e a Deus o que é de Deus.