Reflexão 5º Domingo do Tempo Comum Ano B – 2015

alt“Por causa do evangelho eu faço tudo, para ter parte nele” 

“Por causa do evangelho eu faço tudo, para ter parte nele”. Assim encerra a segunda leitura onde vemos a loucura do Apóstolo em buscar com todas as garras a participação em Cristo, em sua Glória. Puxa! Será que estamos neste nível de entregar tudo a Deus de forma a receber de Deus tudo o que é necessário para nossa purificação e, pela graça, chegar à Eternidade Feliz?

É! Muitas vezes nos prendemos tanto nas coisas do mundo que não refletimos sobre como será a eternidade e na maior parte das vezes caímos na propaganda enganosa do mundo.

Mas, “Um dia, um sujeito morreu e foi ter com São Pedro, ao fazer o ‘check-in’ de sua ‘situação’ São Pedro observou que este sujeito estava bem no centro das virtudes e pecados nada mais acima ou abaixo, assim São Pedro disse ao sujeito que poderia escolher entre o Céu ou o Inferno. Diante desta proposta o sujeito imediatamente replicou – Mas claro que quero ir pro Céu – São Pedro lhe disse – Não precipite, já que está nesta condição você pode escolher, então vá até o inferno dê uma olhada e depois vá até o Céu e ai você me dá sua resposta final – Bem assim o sujeito fez. Pegou o elevador e desceu, desceu e depois de muito descer chegou ao inferno. Ao chegar foi recebido por lindas mulheres em um ambiente lindo, músicas, comida, bebida, e ficou maravilhado e pensou – se aqui é assim no Céu será muito melhor. Voltando, subiu até o Céu e chegando lá viu um grande silêncio, anjinhos voando as pessoas quietas, tudo branco, ficou meio decepcionado. Voltando a São Pedro disse – Estou em dúvida, o inferno é muito mais atraente! – São Pedro disse-lhe – Não se preocupe, a decisão é suaBem, se o Senhor não se incomodar eu vou ‘descer’Tudo bem você decide, disse São Pedro. E assim o sujeito desceu, mas ao chegar ao inferno havia um ambiente horrível, um mau cheiro, enxofre, tanque de estrumes e uns ‘massa bruta’ que logo lhe deram uns pescoções e jogaram no tanque e lhe deitaram a foice. O sujeito deu um grito e reclamou – Estive aqui agora pouco e era tudo lindo, maravilhoso e agora é esta porcaria?! Neste momento o chefe dos capetas apareceu e disse: ‘A propaganda é a alma do negócio! ’”. Tem muita gente caindo nas armadilhas do Demônio e “rachando a cara” no inferno.

Vejamos o caso de Jó. Um homem provado por Deus e que passou parte da sua vida em sofrimento, perdeu tudo que tinha e até própria saúde, mas se manteve firme, pois sabia em quem estava colocando sua Fé.

De outro lado vemos Paulo que também passou por uma grande experiência com o Senhor (IICor 12, 2-4) que tinha toda a certeza de sua missão. “Assim, livre em relação a todos, eu me tornei escravo de todos, a fim de ganhar o maior número possível”. Esta é a experiência que precisamos, devemos nos entregar ao Senhor com todas as nossas forças para termos certeza que tudo em nossa vida, tudo mesmo, é pura graça de Deus e que nos prepara para o Céu.

Por que, em nossas vidas, somente o que é tranquilidade, prazer, dinheiro fama, saúde… Entendemos como graça que vem de Deus e as dificuldades, problemas… É desgraça e não vem de Deus. Afinal que deus nós temos dentro de nós? Que conceito equivocado é este?

Nosso Deus é amor e compaixão e cuida de nós e procura o que é melhor para nós, mas muitas vezes esse “melhor” é ser provado como o ouro. O ouro passa pelo fogo para retirar as escorias e deixar o ouro puro e valoroso. Assim é conosco e Jesus não tem preguiça de fazer estas “novas” em cada um de nós, mesmo que sejam provações e dificuldades. O que vence em nós é a fé, é crer que estamos em Jesus e Ele é tudo, tudo mesmo, em nós.“… tendes a vida eterna, vós que credes no nome do Filho de Deus”. (1Jo 5,13).

Um dia Ele disse “Meu Pai trabalha e Eu também”, por isso, em Cafarnaum, pregou e curou até a noite e de madrugada estava em oração na montanha. Ao ser encontrado disse: “Vamos a outros lugares”. E hoje Ele veio até você. Se creres, Jesus fará obras inacreditáveis em sua vida. Afinal, a felicidade não é prazer, não é possuir, não é poder, mas sim um estado de alma onde o Senhor Reina.

Seja Feliz.

 

Antonio ComDeus

 

 

5º Domingo Tempo Comum

1ª Leitura – Jó 7,1-4.6-7

Encho-me de sofrimentos até ao anoitecer

 

Salmo – Sl 146,1-2.3-4.5-6 (R. Cf. 3a)

R. Louvai a Deus, porque ele é bom e conforta os corações.

 

2ª Leitura – 1Cor 9,16-19 22-23

Ai de mim, se eu não pregar o Evangelho

 

Evangelho – Mc 1,29-39

Curou muitas pessoas de diversas doenças.