Festa Exaltação da Santa Cruz

alt

Foi pela Cruz que fomos salvos.

Somos seres humanos e toda nossa vida é marcada por símbolos e sinais e não sabemos outra forma de nos comunicar, de aprender, de ensinar, enfim de qualquer coisa que façamos que não estejam contidos em símbolos e sinais. Veja bem – o Alfabeto – não são símbolos que representam valores que conjugados de forma harmônica nos dá entendimento a aquilo que quer se expressar? Como faço agora? A própria fala não são símbolos que foneticamente nos dá entendimentos através de códigos a que entendemos o outro? E se uma pessoa fala em língua que não conhecemos os códigos, nada entendemos?  Pois bem nossa vida é carregada de símbolos e sinais e não podemos ficar longe deles, pois é pelos sentidos que conseguimos nos entender e realizar as coisas da vida.

Jesus usou, logicamente, muitos símbolos e sinais para se comunicar e se fazer entender, pois é dessa forma que conseguimos ser e crescer. E Deus usa desse artifício para se comunicar conosco e realizar seu plano de amor nos favorecendo com suas graças.

Na primeira leitura, vemos um povo insatisfeito e mal agradecido por tudo o que recebeu de Deus e neste contexto apareceu às serpentes e o povo é punido pelos seus maus sentimentos. Moisés, como sempre, intercede pelo povo, o qual Deus manda fazer uma serpente de bronze e colocar numa estaca. Pois bem, as pessoas que eram mordidas pelas serpentes e olhassem para a serpente de bronze eram curadas. E se não olhassem? E se ignorasse a ordem de Deus que iria curar somente através da serpente? Certamente não seriam curadas. Então Deus estava dando a graça da cura através de uma imagem? E somente através dela? Sim. Deus usa de artifícios para manifestar o seu amor e poder, mesmo sendo a serpente o símbolo do paganismo.

Mas nossa Igreja preocupada em não ferir a Deus em seus atos de adoração e louvor fez um concílio para discutir sobre a iconografia (imagens) – II Concílio de Nicéia em 787. Onde concluiu que as santas imagens tanto de Jesus, Espírito Santo, Virgem Maria e dos Santos é algo que ajuda na caminhada de fé, como segue: Para proferir sucintamente nossa profissão de fé, conservamos todas as tradições da Igreja, escritas ou não escritas, que nos têm sido transmitidas sem alteração. Uma delas é a representação pictórica das imagens, que concorda com a pregação da história evangélica, crendo que, de verdade e não na aparência, o Verbo de Deus se fez homem, o que é também útil e proveitoso, pois as coisas que se iluminam mutuamente têm sem dúvida um significado recíproco”. (IIConc. Nicéia).

Assim, esta festa que hoje celebramos, é carregada de um significado muitíssimo importante. Foi neste símbolo que Deus quis marcar a salvação de seu povo pelo sacrifício de seu único filho. Foi no madeiro que a salvação chegou até nós. Assim se reza no prefácio da missa deste domingo: “Puseste no lenho da Cruz a salvação da humanidade, para que a vida ressurgisse de onde a morte viera. E o que vencera na árvore do paraíso, na árvore da cruz fosse vencido”. Este símbolo tornou-se para nós o símbolo de salvação e o usamos para nos identificarmos, para rezarmos, se usa nos sacramentos e em todas as manifestações em nossa Igreja. Não existe um símbolo que mais identifique com aquilo que somos e como fomos resgatados da morte eterna.

Venerar um símbolo não é pelo que ele é e sim pelo o que ele representa e com ele transcendemos chegando ao mistério que ele indica e assim mergulhamos em Deus e participamos de seu amor.  “E quando eu for levantado da terra, atrairei todos os homens a mim”. (Jo 12, 32).

 

Faça sempre o sinal da cruz em seu corpo e indique a Deus, aos homens e aos Demônios a quem você pertence.

 

“Pelo sinal da Santa Cruz, livrai-nos Deus, Nosso Senhor, de nossos inimigos”.

 

Antonio ComDeus

 

Festa Exaltação da Santa Cruz

  

1ª Leitura – Nm 21,4b-9

Aquele que for mordido e olhar para ela viverá.

 

Salmo – Sl77(78),1-2.34-35.36-37.38 (R. cf. 7c)

R. Das obras do Senhor, ó meu povo, não te esqueças!


2ª Leitura – Fl 2,6-11

Humilhou-se a si mesmo; por isso, Deus o exaltou acima de tudo.

 

Evangelho – Jo 3,13-17

É necessário que o Filho do Homem seja levantado.