Reflexão Solenidade São Pedro e São Paulo – 2014

alt

Celebramos neste fim de semana a festa das duas colunas da Igreja, São Pedro e São Paulo e neste sentido celebramos o Dia do Papa. Nossa Igreja é verdadeiramente a Igreja instituída por Jesus e a prova desta verdade é a sucessão apostólica que foi ininterrupta desde Pedro até o nosso atual Papa Francisco. Esta é a nossa grande segurança que pela Palavra de Jesus a Pedro nos deu a certeza que Jesus criou sua Igreja e a constituiu sobre uma pessoa: “Por isso eu te digo que tu és Pedro, e sobre esta pedra construirei a minha Igreja, e o poder do inferno nunca poderá vencê-la”. Talvez, hoje, muitos católicos não tenham essa convicção, pois em nossa sociedade o termo igreja está muito deteriorado pelas inúmeras “igrejas” montadas em todos os cantos e com tantas ofertas de milagres, prodígios, enganando o povo e confundindo o conceito real do que é a Igreja. Vemos uma avassaladora ação do inimigo para menosprezar o sagrado vulgarizando em cultos humanos promovendo um controle de mentes condicionadas pelos hipnotizadores que usam o nome do Senhor como meio de enriquecer. De outro lado vemos “igrejas” formadas com uma doutrina fraca que procura atender as consciências das pessoas amenizando suas ações negativas oferecendo uma consciência laxa onde tudo pode. São igrejas feitas para se conformar a vontade dos homens. Mas isto não acontece na Igreja de Jesus, toda nossa fé está voltada a vontade de Deus e naquilo que Ele deixou pelas mãos dos Apóstolos e nós temos que nos conformar as suas normas.

Por isso que quando olhamos para a figura de Pedro e hoje do Papa, vemos uma coluna onde o Senhor assiste plenamente com Seu Espírito, nada falta a esta Igreja, é onde Deus age verdadeiramente e através dela, que é o Corpo de Cristo, Ele derrama todas as graças em toda a humanidade. Toda a humanidade é banhada pelas graças de Cristo, sendo Católicos ou não, e estas graças passam pelo Seu corpo que é a Igreja.

Quando olhamos para Pedro, vemos que Jesus constituiu em sua pessoa a Igreja e com ele o Colégio Apostólico, por isso que onde está Pedro está a Igreja, onde está um Bispo, autenticamente sagrado, está a Igreja.

Deus cuida de todos os homens, mas somente o batismo, realizado conforme a ordem de Jesus faz da pessoa filho autentico de Deus e membro de sua família. Por isso que nossa missão é evangelizar, para levarmos ao mundo o Batismo de Salvação.

De outro lado vemos Paulo, o grande formador de comunidades e o responsável a desatrelar o Cristianismo do Judaísmo. Certamente, hoje, para nós isso não representa muito, mas se não fosse Paulo iniciar a pregação do Evangelho aos Gentios sem a obrigatoriedade da Circuncisão o Cristianismo teria se tornado uma seita judaica e teria se definhado e acabado. Parece para nós, hoje, algo muito distante, mas Paulo percebeu, pelo Espírito Santo, que o anuncio do Evangelho era algo novo, como um vinho novo transformado da água pura e não mais uma continuidade de um vinho vindo das mesmas uvas velhas do passado judaico. E Paulo vai inaugurar outro conceito que até os Apóstolos demoraram a perceber e que desta ação o Cristianismo cresce e aqueles que eram discriminados pela sociedade, os pobres, os escravos, os estrangeiros, os enfermos são evangelizados e recebem a dignidade de filhos, de ser alguém e não algo, com isso experimentam o amor de Deus e com essa vida nova até o martírio é algo agradável e desejável.

Pedro sustenta a Igreja em sua pessoa. Paulo irradia esta mesma Igreja pelo impulso missionário. E nós somos banhados pelo Dom destes dois homens, afinal somos os gentios que recebemos a graça de Paulo e o dom de Pedro.

Felizes Cristãos, somos.

 

Antonio ComDeus

 

 

São Pedro e São Paulo, Apóstolos, Solenidade.

  

1ª Leitura – At 12,1-11

Agora sei que o Senhor enviou o seu anjo para me libertar do poder de Herodes.

 

Salmo – Sl 33(34),2-3.4-5.6-7.8-9 (R. 5)

R. De todos os temores me livrou o Senhor Deus.

 

2ª Leitura – 2Tm 4,6-8.17-18

Agora está reservada para mim a coroa da justiça.

 

Evangelho – Mt 16,13-19

Tu és Pedro e eu te darei as chaves do Reino dos Céus.