2º Domingo do Tempo Comum – Ano 2012

Iniciamos a primeira parte do Tempo Comum que agora se estende até o início da quaresma e depois continua após o tempo pascal. Neste tempo vamos refletir sobre as ações de Jesus, seus ensinamentos e seus prodígios. É tempo também de recordarmos os santos em suas festas. Mas olhando para as leituras deste fim de semana vemos a vocação de Samuel na primeira leitura. Este profeta teve um nascimento milagroso, sua mãe não podendo gerar suplica a Deus a graça de um filho o qual consagraria a Ele e o serviria no templo, assim Samuel era criado no templo pelo profeta Eli e já na sua infância Deus se apresenta e começa um relacionamento de amizade e a prepará-lo para a missão.

Certamente que Samuel não conhecia a Voz de Deus e o confundiu com Eli. Mas diante da insistência de Deus acabam se entendendo e Deus começa a educar Samuel para a missão com a ajuda de Eli. Se olharmos para dentro de nós como anda nosso relacionamento com Deus? Sabemos ouvir Sua voz? Deixamos-nos ser ensinados por Deus para a missão que temos no mundo? Infelizmente, o mundo em que vivemos não nos ensina estas coisas e muitas vezes, mesmo em nossa família, nossos formadores não estão aptos a esse tipo de formação. E na maior parte de nossa formação não aprendemos a distinguir a voz de Deus. Somos ensinados a estudar, ter boa profissão, ganhar dinheiro e ter uma vida “folgada”. “Ser alguém na vida” é ter status social e ser respeitado é ter dinheiro, neste sentido até a moral e a ética ficam de lado muito mais a experiência religiosa. O que manda é o dinheiro este sim é o todo poderoso o que manda no mundo. Infelizmente somos criados assim.

Pense bem! Como distinguir a voz de Deus em minha vida? Samuel estava dormindo e “O Senhor veio, aproximou-Se”. Sempre a atitude é de Deus, Ele se coloca ao nosso lado e mesmo se estivermos “dormindo” em nossa vida de ativismo, na busca do hedonismo, labutando uma forma de “ganhar” dinheiro para ser “alguém” na vida. Ele está ao nosso lado e dizendo o nosso nome. Dê hoje um tempo ao Senhor e aprenda a ouvir Sua voz. São Paulo nos fala: “O corpo não é para a imoralidade, mas para o Senhor, e o Senhor é para o corpo. Deus, que ressuscitou o Senhor, também nos ressuscitará a nós pelo seu poder. Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo? Aquele que se une ao Senhor constitui com Ele um só Espírito”. Somos um só Espírito com o Senhor. Em nosso batismo fomos configurados a Cristo, não estamos jogados no mundo para fazer o que quisermos e depois tudo acaba, não! Nosso Deus tem um plano para cada um de nós, que é fazermos parte de Sua vida, compartilharmos d’Ele, de sua Glória, de experimentarmos a grandeza de Seu amor e sermos plenamente felizes. Deus nos criou para a felicidade. Mas o demônio nos arrasta, quer nos impedir de viver essa felicidade e nos engana nos distraindo com as coisas do mundo e fazendo delas o nosso sentido de viver. Vamos acorde! É “Agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação”. (II Cor 6, 2b). Aceite a proposta do Senhor, ouça a Sua voz, Ele te chama. Uma vida nova começa agora.

Veja João indicou a seus discípulos o caminho para o Senhor e diante do encontro, Jesus perguntou: «Que procurais?» Eles responderam: «Rabi – que quer dizer ‘Mestre’ – onde moras?» Disse-lhes Jesus: «Vinde ver». E depois André foi anunciar a Simão e no encontro de Simão com Jesus, este lhe dá uma vocação: «Tu és Simão, filho de João. Chamar-te-ás Cefas» – que quer dizer ‘Pedro’.

O que temos que fazer? Primeiramente, alguém nos mostra Jesus (talvez seja este momento em sua vida). Depois reconhecer o Senhor como Mestre e seguir para morar com Ele devemos estar dispostos a mudar tudo conforme Ele indicar.

Veja bem. O que temos a perder? A vida é um período curto para trocarmos por uma eternidade ao lado do Criador. Sejamos animados pelo Espírito Santo e tenhamos a opção de proclamar: Jesus é o Senhor de minha vida. Agora, mais do que antes, sou todo Seu Faça-se em mim o Teu plano de Amor. “Portanto, se com tua boca confessares que Jesus é o Senhor, e se em teu coração creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo”. (Rom 10, 8). Proclame, grite, faça o maior barulho e seja como André anuncie: «Encontramos (ei) o Messias».  Certamente o mundo tornará, para você, um grande campo para semear o Amor de Deus e um desafio para implantar o Seu Reino.

“Avante Filho, avante filha, temos muito que fazer”.

Antonio ComDeus


LEITURA I – 1 Sam 3, 3b-10.19

Leitura do Primeiro Livro de Samuel

Naqueles dias,

Samuel dormia no templo do Senhor,

onde se encontrava a arca de Deus.

O Senhor chamou Samuel

e ele respondeu: «Aqui estou».

E, correndo para junto de Heli, disse:

«Aqui estou, porque me chamaste».

Mas Heli respondeu:

«Eu não te chamei; torna a deitar-te».

E ele foi deitar-se.

O Senhor voltou a chamar Samuel.

Samuel levantou-se, foi ter com Heli e disse:

«Aqui estou, porque me chamaste».

Heli respondeu:

«Não te chamei, meu filho; torna a deitar-te».

Samuel ainda não conhecia o Senhor,

porque, até então,

nunca se lhe tinha manifestado a palavra do Senhor.

O Senhor chamou Samuel pela terceira vez.

Ele levantou-se, foi ter com Heli e disse:

«Aqui estou, porque me chamaste».

Então Heli compreendeu que era o Senhor

que chamava pelo jovem.

Disse Heli a Samuel:

«Vai deitar-te; e se te chamarem outra vez, responde:

‘Falai, Senhor, que o vosso servo escuta’».

Samuel voltou para o seu lugar e deitou-se.

O Senhor veio, aproximou-Se e chamou como das outras vezes:

«Samuel! Samuel!»

E Samuel respondeu:

«Falai, Senhor, que o vosso servo escuta».

Samuel foi crescendo;

o Senhor estava com ele

e nenhuma das suas palavras deixou de cumprir-se.

 

 

SALMO RESPONSORIAL – Salmo 39 (40)

Refrão: Eu venho, Senhor, para fazer a vossa vontade.

 

Esperei no Senhor com toda a confiança

e Ele atendeu-me.

Pôs em meus lábios um cântico novo,

um hino de louvor ao nosso Deus.

 

Não Vos agradaram sacrifícios nem oblações,

mas abristes-me os ouvidos;

não pedistes holocaustos nem expiações,

então clamei: «Aqui estou».

 

«De mim está escrito no livro da Lei

que faça a vossa vontade.

Assim o quero, ó meu Deus,

a vossa lei está no meu coração».

 

«Proclamei a justiça na grande assembleia,

não fechei os meus lábios, Senhor, bem o sabeis.

Não escondi a justiça no fundo do coração,

proclamei a vossa bondade e fidelidade».

 

LEITURA II – 1 Cor 6,13c-15a.17-20

Leitura da Primeira Epístola do apóstolo São Paulo aos Coríntios

Irmãos:

O corpo não é para a imoralidade, mas para o Senhor,

e o Senhor é para o corpo.

Deus, que ressuscitou o Senhor,

também nos ressuscitará a nós pelo seu poder.

Não sabeis que os vossos corpos são membros de Cristo?

Aquele que se une ao Senhor

constitui com Ele um só Espírito.

Fugi da imoralidade.

Qualquer outro pecado que o homem cometa

é exterior ao seu corpo;

mas o que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo.

Não sabeis que o vosso corpo é templo do Espírito Santo,

que habita em vós e vos foi dado por Deus?

Não pertenceis a vós mesmos,

porque fostes resgatados por grande preço:

glorificai a Deus no vosso corpo.

 

ALELUIA – cf. Jo 1,41.17b

Aleluia. Aleluia.

 

Encontramos o Messias, que é Jesus Cristo.

Por Ele nos veio a graça e a verdade.

 

EVANGELHO – Jo 1,35-42

 

Evangelho de Nosso Senhor Jesus Cristo segundo São João

 

Naquele tempo,

estava João Batista com dois dos seus discípulos

e, vendo Jesus que passava, disse:

«Eis o Cordeiro de Deus».

Os dois discípulos ouviram-no dizer aquelas palavras

e seguiram Jesus.

Entretanto, Jesus voltou-Se;

e, ao ver que O seguiam, disse-lhes:

«Que procurais?»

Eles responderam:

«Rabi – que quer dizer ‘Mestre’ – onde moras?»

Disse-lhes Jesus: «Vinde ver».

Eles foram ver onde morava

e ficaram com Ele nesse dia.

Era por volta das quatro horas da tarde.

André, irmão de Simão Pedro,

foi um dos que ouviram João e seguiram Jesus.

Foi procurar primeiro seu irmão Simão e disse-lhe:

«Encontramos o Messias» – que quer dizer ‘Cristo’ –;

e levou-o a Jesus.

Fitando os olhos nele, Jesus disse-lhe:

«Tu és Simão, filho de João.

Chamar-te-ás Cefas» – que quer dizer ‘Pedro’.

 

Palavra da Salvação

Glória a Vós, Senhor