Festa de São Pedro e São Paulo

Celebramos hoje a festa dos dois grandes pilares de nossa Igreja. São Pedro eleito por Jesus como chefe e coluna da Igreja e São Paulo o grande apóstolo das gentes que propagou o evangelho e criou as comunidades cristãs no mundo Romano disseminando a Palavra de Deus até os confins da terra. Olhando para o evangelho de hoje vemos a grande declaração de Jesus a Pedro que tinha como meta instituir uma Igreja onde sua Palavra pudesse ser divulgada com segurança e certificada na sua originalidade. Neste sentido temos que entender o que é a Igreja. Hoje infelizmente a palavra igreja está muito deteriorada no mundo pela invasão de tantas “igrejas” criada pelas mãos dos homens oferecendo tantos “benefícios” em nome de Deus e muitos testemunhos negativos que colocam o projeto de Jesus em uma situação deplorável.

Mas, temos que ir à fonte de tudo e ver qual foi realmente a intenção de Jesus em estabelecer sua Igreja. Primeiramente, Deus em seu plano de caminhada com os homens chamou Abraão para ser o Pai de Seu povo, isto é, a Sua Igreja, o Seu povo, aí já esta em germe a Igreja de Cristo. Veja, é Deus quem chama e escolhe os que Ele deseja que façam parte de seu projeto, não é fruto da cabeça de homens. Deus poderia ter se revelado a revelia a todos os povos, mas quis escolher um povo predileto onde seria conhecido e daria a conhecer, assim aconteceu com o povo de Israel, neste processo chamado de “economia da salvação” culminou com a vida do “filho do Homem” que realizando a vontade do Pai formou em nós um novo povo. E a partir dos apóstolos, que Jesus chamou os que Ele quis, formou sua Igreja – A palavra Igreja em sua origem é “Convocação” – Então a Igreja é uma convocação de Deus às pessoas que Ele quer reunir para formar seu povo e se revelar da forma que Ele deseja, e como estamos no tempo, isto é na imanência, o Senhor cria uma instituição que possa, pela assistência plena do Espírito Santo, congregar seu povo e comungar com Ele das coisas que deseja participar em seu amor. Por isso que tudo o que a Igreja faz, se faz porque o Senhor mandou e ensinou como Ele quer que seja feito. Do contrário, a Eucaristia, por exemplo, se fosse criada pelas mãos dos homens, mesmo que tivessem toda boa intenção seria uma idolatria. Mas fazemos o que o Senhor mandou e como Ele ensinou da forma que queria ser adorado. Quando falamos Igreja, falamos de corpo místico, então é o corpo do Senhor é o próprio Cristo, e isso não cabe instituição criada por mãos de homens segundo o entendimento da doutrina ao bel prazer de cada fundador de uma igreja, ou melhor, de seitas. É absurdo e fruto da soberba humana que acha que pode manipular Deus fazendo coisas conforme sua cabeça. Vejamos a quantidade de “igrejas” que existem cristãs e não cristãs e cada uma ensinando uma doutrina diferente e todas, principalmente as cristãs, apoiadas na Bíblia. De outro lado vemos a Igreja católica em uma unidade plena que em todo mundo comunga a mesma fé, a mesma doutrina, em comunhão com o Santo Padre e os Bispos de cada diocese assistido em plenitude pelo Espírito Santo. É um edifício que o próprio Deus constrói no meio dos homens que se chama “Reino de Deus”. É ai que estamos inseridos. Temos que entender que a Igreja é conduzida por Deus, ele está no timão da Igreja, e a conduz pela história congregando o seu povo. Você foi chamado a estar nesta Igreja e ser Filho de Deus e trabalhar, como filho, como herdeiro, na implantação deste Reino. Vejamos a parábola do filho pródigo: O pai tem seus filhos, tem seus empregados, cuida de todos atende as necessidades de todos, não deixa faltar nada e todos participam da casa do Pai, mas só os filhos sentam a mesa, só os filhos habitam dentro da casa, só os filhos são herdeiros. Estes somos nós, os católicos, que não viramos as costas ao chamamento de Deus e estamos ativos dentro de sua Igreja. Então, você sinta um santo orgulho de fazer parte desta Igreja.

Temos que sempre responder com a Igreja, onde colocamos nossa fé, diante dos questionamentos do mundo: “Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”. No mundo haverá respostas de todas as formas, mas temos que responder com Pedro: “Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”. Esse é o nosso testemunho, somos uma família, mas não qualquer família, e sim a família que Deus convocou para ser a Sua família.

Agradecemos a Pedro e a Paulo por terem aceitado o chamado de Deus e realizado uma grande obra que ressoa no hoje de nossa história e que vai até a volta de Jesus – a Igreja. E como ela nasceu no Colégio dos Apóstolos, hoje temos o Colégio dos Bispos verdadeiros sucessores dos apóstolos que garante veracidade dos ensinamentos de Jesus – O Magistério da Igreja.

Ame a Sua Igreja. Você não está nela por acaso, não é porque sua família é católica que você está na Igreja e sim porque toda a sua família foi chamada por Deus a ser Católica.

Parabéns você está na Igreja que Cristo instituiu!

Parabéns você é Católico!

 

Antonio ComDeus

________________________________________

 

SOLENIDADE DE SÃO PEDRO E SÃO PAULO – DIA DO PAPA

3 DE JULHO DE 2011 • ANO •A

 

PRIMEIRA LEITURA (At 12, 1-11)

 

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

Naqueles dias,

1o rei Herodes

prendeu alguns membros da Igreja, para torturá-los.

2Mandou matar à espada Tiago, irmão de João.

3E, vendo que isso agradava aos judeus,

mandou também prender a Pedro.

Eram os dias dos pães ázimos.

4Depois de prender Pedro, Herodes colocou-o na prisão,

guardado por quatro grupos de soldados,

com quatro soldados cada um.

Herodes tinha a intenção de apresentá-lo ao povo,

depois da festa da Páscoa.

5Enquanto Pedro era mantido na prisão,

a Igreja rezava continuamente a Deus por ele.

6Herodes estava para apresentá-lo.

Naquela mesma noite, Pedro dormia entre dois soldados,

preso com duas correntes;

e os guardas vigiavam a porta da prisão.

7Eis que apareceu o anjo do Senhor

e uma luz iluminou a cela.

O anjo tocou o ombro de Pedro, acor¬¬¬dou-o e disse:

“Levanta-te depressa!”

As correntes caíram-lhe das mãos.

😯 anjo continuou:

“Coloca o cinto e calça tuas sandálias!”

Pedro obedeceu e o anjo lhe disse:

“Põe tua capa e vem comigo!”

9Pedro acompanhou-o, e não sabia que era realidade

o que estava acontecendo por meio do anjo,

pois pensava que aquilo era uma visão.

10Depois de passarem pela primeira e segunda guarda,

chegaram ao portão de ferro que dava para a cidade.

O portão abriu-se sozinho.

Eles saíram, caminharam por uma rua

e logo depois o anjo o deixou.

11Então Pedro caiu em si e disse:

“Agora sei, de fato, que o Senhor enviou o seu anjo

para me libertar do poder de Herodes

e de tudo o que o povo judeu esperava!”

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

 

SALMO RESPONSORIAL Sl 33(34) (Fx 17)

 

De todos os temores me livrou o Senhor Deus. (Bis)

 

1. Bendirei o Senhor Deus em todo o tempo, seu louvor estará sempre em minha boca. Minha alma se gloria no Senhor; que ouçam os humildes e se alegrem!

 

2. Comigo engrandecei ao Senhor Deus, exaltemos todos juntos o seu nome! Todas as vezes que o busquei, ele me ouviu, e de todos os temores me livrou.

 

3. Contemplai a sua face e alegrai-vos, e vosso rosto não se cubra de vergonha! Este infeliz gritou a Deus, e foi ouvido, e o Senhor o libertou de toda angústia.

 

4. O anjo do Senhor vem acampar ao redor dos que o temem, e os salva. Provai e vede quão suave é o Senhor! Feliz o homem que tem nele o seu refúgio!

 

SEGUNDA LEITURA

(2Tm 4, 6-8.17-18)

 

Leitura da Segunda Carta de São Paulo a Timóteo

Caríssimo:

6Quanto a mim,

eu já estou para ser derramado em sacrifício;

aproxima-se o momento de minha partida.

7Combati o bom combate,

completei a corrida, guardei a fé.

8Agora está reservada para mim a coroa da justiça,

que o Senhor, justo juiz, me dará naquele dia;

e não somente a mim,

mas também a todos que esperam com amor

a sua manifestação gloriosa.

17Mas o Senhor esteve a meu lado e me deu forças,

ele fez com que a mensagem

fosse anunciada por mim integralmente,

e ouvida por todas as nações;

e eu fui libertado da boca do leão.

18O Senhor me libertará de todo mal

e me salvará para o seu Reino celeste.

A ele a glória, pelos séculos dos séculos! Amém.

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus.

 

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

(Fx 18)

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia. (bis)

Tu és Pedro e sobre esta pedra eu irei construir minha Igreja; e as portas do inferno não irão derrotá-la.

 

EVANGELHO (Mt 16,13-19)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Mateus.

T. Glória a vós, Senhor.

P. Naquele tempo,

13Jesus foi à região de Cesaréia de Filipe

e ali perguntou aos seus discípulos:

“Quem dizem os homens ser o Filho do Homem?”

14Eles responderam:

“Alguns dizem que é João Batista; outros que é Elias;

outros ainda, que é Jeremias ou algum dos profetas”.

15Então Jesus lhes perguntou:

“E vós, quem dizeis que eu sou?”

16Simão Pedro respondeu:

“Tu és o Messias, o Filho do Deus vivo”.

17Respondendo, Jesus lhe disse:

“Feliz és tu, Simão, filho de Jonas,

porque não foi um ser humano que te revelou isso,

mas o meu Pai que está no céu.

18Por isso eu te digo que tu és Pedro,

e sobre esta pedra construirei a minha Igreja,

e o poder do inferno nunca poderá vencê-la.

19Eu te darei as chaves do Reino dos Céus:

tudo o que tu ligares na terra será ligado nos céus;

tudo o que tu desligares na terra

será desligado nos céus”.

– Palavra da Salvação.

T. Glória a vós, Senhor.