4º Domingo da Páscoa – Ano A – Bom Pastor

Celebramos neste domingo o “Bom Pastor”. Jesus é a porta segura por onde somos convidados a entrar e encontrar uma boa pastagem, Ele mesmo promete “Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”. Que “abundância” é esta que Jesus nos oferece? Muitas vezes entendemos esta promessa como vida farta, sem problemas, tranqüilidade inabalável em que nada do que acontece no mundo vai nos tocar ou ferir a nós e aos que amamos.

Mas não é isso a que Jesus se referia e sim aquilo que pode nos tirar a vida e nos levar para a desgraça eterna, veja as palavras de São Pedro: Sobre a cruz, carregou nossos pecados em seu próprio corpo, a fim de que, mortos para os pecados, vivamos para a justiça”. Sim. A vida abundante oferecida por Jesus é a comunhão com Ele, com o Pai e o Espírito Santo proporcionando uma vida feliz e abundante, sem pecado. Aceitar a proposta de Jesus é ter a graça, a unção de viver sem pecado, pois no fundo a única coisa que pode nos trazer infelicidade é o distanciamento da graça. O problema em nossas vidas é que colocamos nossa felicidade nas coisas: dinheiro, bens materiais, ausência de doenças, vida familiar sem nenhum problema… E achamos que isso é viver feliz, mas muitas vezes estamos mergulhados em nosso egoísmo, individualismo, buscando os prazeres do mundo de forma banal e concentrando nossas forças nas criaturas com suas paixões e concupiscências e não no Criador que nos chama a eternidade feliz. Veja bem, não é uma eternidade que virá no fim de nossa vida, mas uma eternidade que começa aqui, por isso, que temos que ouvir a voz do apóstolo: “Convertei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para o perdão dos vossos pecados. E vós recebereis o dom do Espírito Santo”. E “Completou-se o tempo e o Reino de Deus está próximo (no meio de vós).” (Mc 1, 15). O convite é para o hoje de nossa vida, mergulhar em Deus para que toda a nossa vida seja “um eterno dia feliz”. Já fomos batizados, temos que deixar a graça do batismo fluir em nossas vidas e nos levar a uma comunhão com o Espírito Santo. A felicidade é um estado de alma e não aquilo que nos cerca, por isso a pessoa pode estar passando por vários problemas e ser feliz, assim a palavra do profeta: “Mesmo o enfermo diga: Eu sou guerreiro!”. (Jl 4,10). É isso que o Bom Pastor vem nos oferecer neste domingo. Uma vida nova em comunhão com Ele, nosso Salvador e Senhor que pode tudo mudar sem nada mudar – Os problemas continuarão, mas teremos sabedoria e tranqüilidade para contribuirmos para uma melhor solução; teremos enfermidades, mas isso será uma forma de comunhão com Meu Senhor e com Ele a enfermidade não vai me destruir; enfim… Seremos todo do Senhor e Ele todo em nós.

 

“Quem entrar por mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem”. Estamos neste redil, somos felizes.

 

 

 

Antonio ComDeus

 


 

 

PRIMEIRA LEITURA (At 2,14.36-41)

 

Leitura dos Atos dos Apóstolos.

 

No dia de Pentecostes, 14Pedro, de pé, no meio dos Onze apóstolos, levantou a voz e falou à multidão: 36″Que todo o povo de Israel reconheça com plena certeza: Deus constituiu Senhor e Cristo a este Jesus que vós crucificastes”. 37Quando ouviram isso, eles ficaram com o coração aflito, e perguntaram a Pedro e aos outros apóstolos: “Irmãos, o que devemos fazer?” 38Pedro respondeu: “Convertei-vos e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para o perdão dos vossos pecados. E vós recebereis o dom do Espírito Santo. 39Pois a promessa é para vós e vossos filhos, e para todos aqueles que estão longe, todos aqueles que o Senhor nosso Deus chamar para si”. 40Com muitas outras palavras, Pedro lhes dava testemunho, e os exortava, dizendo: “Salvai-vos dessa gente corrompida!” 41Os que aceitaram as palavras de Pedro receberam o batismo. Naquele dia, mais ou menos três mil pessoas se uniram a eles.- Palavra do Senhor.

 

T. Graças a Deus.

 

 SALMO RESPONSORIAL 22(23) (Fx6)

 

O Senhor é o pastor que me conduz; * Para as águas repousantes me encaminha.

 

1. O Senhor é o pastor que me conduz; * não me falta coisa alguma. * Pelos prados e campinas verdejantes * ele me leva a descansar. * Para as águas repousantes me encaminha * e restaura as minhas forças.

 

2. Ele me guia no caminho mais seguro, * pela honra do seu nome. * Mesmo que eu passe pelo vale tenebroso, * nenhum mal eu temerei; * estais comigo com bastão e com cajado, * eles me dão a segurança!

 

3. Preparais à minha frente uma mesa, * bem à vista do inimigo * e com óleo vós ungis minha cabeça; * o meu cálice transborda.

 

4. Felicidade e todo bem hão de seguir-me * por toda a minha vida; * e, na casa do Senhor, habitarei * pelos tempos infinitos.

 

 SEGUNDA LEITURA (1Pd 2,20b-25)

 

Leitura da primeira Carta de São Pedro

 

Caríssimos: 20Se suportais com paciência aquilo que sofreis por ter feito o bem, isto vos torna agradáveis diante de Deus. 21De fato, para isto fostes chamados. Também Cristo sofreu por vós deixando-vos um exemplo, a fim de que sigais os seus passos. 22Ele não cometeu pecado algum, mentira nenhuma foi encontrada em sua boca. 23Quando injuriado, não retribuía as injúrias; atormentado, não ameaçava; antes, colocava a sua causa nas mãos daquele que julga com justiça. 24Sobre a cruz, carregou nossos pecados em seu próprio corpo, a fim de que, mortos para os pecados, vivamos para a justiça. Por suas feridas fostes curados. 25Andáveis como ovelhas desgarradas, mas agora voltastes ao pastor e guarda de vossas vidas.

 

– Palavra do Senhor.

 

T. Graças a Deus.

 

 ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

 

Fx 3

 

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

 

Aleluia, aleluia, aleluia, aleluia, aleluia!

 

Eu sou o bom pastor, diz o Senhor, * Eu conheço minhas ovelhas e elas me conhecem a mim!

 

EVANGELHO (Jo 10,1-10)

 

P. O Senhor esteja convosco.

 

T. Ele está no meio de nós.

 

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo João.

 

T. Glória a vós, Senhor.

 

P. Naquele tempo, disse Jesus: 1″Em verdade, em verdade vos digo, quem não entra no redil das ovelhas pela porta, mas sobe por outro lugar, é ladrão e assaltante. 2Quem entra pela porta é o pastor das ovelhas. 3A esse o porteiro abre, e as ovelhas escutam a sua voz; ele chama as ovelhas pelo nome e as conduz para fora. 4E, depois de fazer sair todas as que são suas, caminha à sua frente, e as ovelhas o seguem, porque conhecem a sua voz. 5Mas não seguem um estranho, antes fogem dele, porque não conhecem a voz dos estranhos”. 6Jesus contou-lhes esta parábola, mas eles não entenderam o que ele queria dizer. 7Então Jesus continuou: “Em verdade, em verdade vos digo, eu sou a porta das ovelhas. 8Todos aqueles que vieram antes de mim são ladrões e assaltantes, mas as ovelhas não os escutaram. 9Eu sou a porta. Quem entrar por mim, será salvo; entrará e sairá e encontrará pastagem. 10O ladrão só vem para roubar, matar e destruir. Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância”.

 

Palavra da Salvação.

 

T. Glória a vós, Senhor.