31º Domingo do Tempo Comum – ano C

“Sim, amas tudo o que existe, e não desprezas nada do que fizeste”. Iniciando a nossa reflexão sintamos a Palavra do Senhor que nos dá uma certeza: “O Senhor nos criou por amor”, Ele nos amou primeiro e quis que existíssemos e estivéssemos no lugar que estamos e fazendo o que de melhor podemos fazer, veja “como poderia alguma coisa existir, se não a tivesses querido? Ou como poderia ser mantida, se por ti não fosse chamada?”. Nossa doutrina nos ensina que Deus – Cria, sustenta e participa do ser criado – Isto é, tudo que existe foi criado por Deus, Ele sustenta o ser, de outra forma deixaria de existir e participa do ser, por que ama aquilo que criou.

Portanto não podemos ficar choramingando pela vida como se nada fossemos e se passarmos por problemas que as pessoas ignoram, não dão apoio, se somos criticados e até desprezados e se as pessoas com quem mais contamos virar as costas, não se preocupe, existe alguém muito acima de tudo e de todos que está sempre ao seu lado e te ama com um amor eterno e que pode te satisfazer em todas as suas necessidades.

Mas porque que muitas vezes não sinto isso? Verdade. Muitas vezes a vida nos envolve de tal forma que não sentimos o amor de Deus e parece que até Ele nos abandonou. Neste sentido temos que ser como Zaqueu. Ele queria ver o Senhor e até passou pelo ridículo – um homem de sua classe subir numa árvore para ver Jesus é coisa de se espantar – Mas sua atitude levou Jesus a percebê-lo e com isso o Senhor o chamou para um encontro pessoal.

E neste encontro a vida de Zaqueu mudou. A tal ponto que sua riqueza, ganha de forma desonesta, já não valia nada em vista do que ele encontrou, abriu mão de tudo para poder ficar com aquela experiência que trouxe tanta felicidade, coisa que nunca havia experimentado em sua vida. Assim deve ser conosco, devemos buscar um encontro pessoal com Jesus, mesmo que passemos por ridículo e talvez esse ridículo – é ir à missa, é participar de um momento de oração na comunidade, é deixar as coisas para dedicar a um dia de oração, é mudar o ritmo de vida para dar maior tempo com Deus. Coisas que as pessoas vão perceber e muitas vezes vão até criticar. Veja. Se mudar seu costume de fazer as coisas, por exemplo: Experimente fazer um lugar de oração dentro de sua casa, um pequeno lugar, um canto de seu quarto, um lugar dentro de sua casa que te dê uma tranqüilidade em um horário que ninguém irá atrapalhar, mesmo que seja de madrugada, definido isso comece a rezar todos os dias neste lugar – Lugar de encontro com o Senhor – Certamente as pessoas de sua casa irão ficar assustadas e no mínimo irão comentar: O que será que esta acontecendo? Será que tal pessoa esta passando bem? Porque esta rezando? Do que será que ela está precisando? O que será que fez de errado? É. Buscar um encontro com Jesus é ir à contra mão de nossa própria história, mas somente quem se arriscar poderá testemunhar que nada mais tem tanto valor como estar na intimidade com Jesus. Somente assim teremos o sabor verdadeiro do que é ser amado por Deus e o quanto Ele esta participando em nossas vidas.

Nossa vida tem valor se experimentamos a vida com o Senhor da vida, do contrário teremos só desilusões, desencontros e muitas vezes buscamos distrações na vida – prazeres fúteis – que não preenche nosso interior e a infelicidade, o desânimo, a irritação, o descontrole, e muitas outra coisas negativas tomam posse e chegamos a perder o sentido de tudo o que fazemos. Mas tudo pode ser diferente. Vamos nos arriscar, vamos passar pelo ridículo, vamos nos expor diante do Senhor e permitir um encontro pessoal, “não deixeis tão facilmente transtornar a vossa cabeça”, Vamos ser fiel ao Senhor e experimentar tudo que Ele tem reservado somente para nós. Deus é pessoal e tem muitas coisas a revelar a você e somente a você “Coisas que os olhos não viram, nem os ouvidos ouviram, nem o coração humano imaginou (Is 64,4), tais são os bens que Deus tem preparado para aqueles que o amam”. (1Cor 2, 9). Examinemos nossa vida e façamos uma reforma em nosso jeito de viver para que caiba um tempo maior de nossa comunhão pessoal com Jesus, muitas coisas irão mudar. Sejamos corajosos…

 

Antonio ComDeus

 

 

PRIMEIRA LEITURA Sb11,22-12,2

Leitura do Livro da Sabedoria

– 22Senhor, o mundo inteiro, diante de ti,

é como um grão de areia na balança,

uma gota de orvalho da manhã que cai sobre a terra.

23Entretanto, de todos tens compaixão,

porque tudo podes.

Fecha os olhos aos pecados dos homens,

para que se arrependam.

24Sim, amas tudo o que existe,

e não desprezas nada do que fizeste;

porque, se odiasses alguma coisa

não a terias criado.

25Da mesma forma,

como poderia alguma coisa existir,

se não a tivesses querido?

Ou como poderia ser mantida,

se por ti não fosse chamada?

26A todos, porém, tu tratas com bondade,

porque tudo é teu, Senhor, amigo da vida.

12,1O teu espírito incorruptível está em todas as coisas!

2É por isso que corriges com carinho os que caem

e os repreendes, lembrando-lhes seus pecados,

para que se afastem do mal

e creiam em ti, Senhor.

– Palavra do Senhor..

T. Graças a Deus.

 

SALMO RESPONSORIAL

Sl 144 (145) (Melodia CD XII – faixa 12)

Bendirei eternamente o vosso nome, para sempre, ó Senhor, o louvarei!

1. Ó meu Deus, quero exaltar-vos, ó meu Rei, e bendizer o vosso nome pelos séculos. Todos os dias haverei de bendizer-vos, hei de louvar o vosso nome para sempre.

2. Misericórdia e piedade é o Senhor, Ele é amor, é paciência, é compaixão. O Senhor é muito bom para com todos, sua ternura abraça toda criatura.

3. Que vossas obras, ó Senhor vos glorifiquem e vossos santos com louvores vos bendigam! Narrem a glória e o esplendor de vosso reino e saibam proclamar vosso poder!

4. O Senhor é amor fiel a sua palavra, é santidade em toda obra que ele faz. Ele sustenta todo aquele que vacila e levanta todo aquele que tombou.

 

 

SEGUNDA LEITURA (2Ts 1,11-2,2)

Leitura da Segunda carta de São Paulo aos Tessalonicenses.

– Irmãos,

11não cessamos de rezar por vós,

para que o nosso Deus vos faça dignos da sua vocação.

Que ele, por seu poder, realize todo o bem que desejais

e torne ativa a vossa fé.

12Assim o nome de nosso Senhor Jesus Cristo

será glorificado em vós, e vós nele,

em virtude da graça do nosso Deus

e do Senhor Jesus Cristo.

2,1No que se refere à vinda de nosso Senhor Jesus Cristo

e à nossa união com ele, nós vos pedimos, irmãos:

2não deixeis tão facilmente transtornar a vossa cabeça,

nem vos alarmeis por causa de alguma revelação,

ou carta atribuída a nós,

afirmando que o Dia do Senhor está próximo.

– Palavra do Senhor.

T. Graças a Deus

 

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, aleluia, aleluia.

Deus o mundo tanto amou, que seu Filho entregou!

Quem no Filho crê e confia, nele encontra eterna vida!

 

EVANGELHO (Lc 19,1-10)

P. O Senhor esteja convosco.

T. Ele está no meio de nós.

P. Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo Lucas.

T. Glória a vós, Senhor.

P. Naquele tempo,

1Jesus tinha entrado em Jericó

e estava atravessando a cidade.

2Havia ali um homem chamado Zaqueu,

que era chefe dos cobradores de impostos e muito rico.

3Zaqueu procurava ver quem era Jesus,

mas não conseguia, por causa da multidão,

pois era muito baixo.

4Então ele correu à frente

e subiu numa figueira para ver Jesus,

que devia passar por ali.

5Quando Jesus chegou ao lugar,

olhou para cima e disse:

“Zaqueu, desce depressa!

Hoje eu devo ficar na tua casa”.

6Ele desceu depressa, e recebeu Jesus com alegria.

7Ao ver isso, todos começaram a murmurar, dizendo:

“Ele foi hospedar-se na casa de um pecador!”

8Zaqueu ficou de pé, e disse ao Senhor:

“Senhor, eu dou a metade dos meus bens aos pobres,

e se defraudei alguém, vou devolver quatro vezes mais”.

9Jesus lhe disse:

“Hoje a salvação entrou nesta casa,

porque também este homem é um filho de Abraão.

10Com efeito, o Filho do homem

veio procurar e salvar o que estava perdido”.

– Palavra da salvação.

T. Glória a vós, Senhor.