Em busca da felicidade

Sonhar com a felicidade, faz com que cheguemos a Deus sempre. Mesmo aqueles que se dizem ateus, no fundo também esperam algo vindo dos céus.

Deus faz a parte dele, as vezes até parece que não, mas ele sempre faz, claro que no tempo Dele, no Jeito dele… enquanto isso devemos nós fazer também a nossa.

É como um carro atolado, não adianta apenas ajoelharmos e rezarmos, certamente o carro não sairá voando do atoleiro, devemos também fazer a nossa parte, neste caso, empurrar o carro para que ele saia do atoleiro. Qual seria o papel de Deus nesta história???? Nos fortalece para que possamos entender a importância de se empurrar o carro.

Quero dizer que a felicidade é um conjunto de pequenas coisas…lugar certo, hora certa, palavras certas, carinhos certos, e atitude certa…mais um pouco de vontade de ser feliz e uma última coisa muito importante…. não ter medo de sofrer.

 

Muitas pessoas não se envolvem porque tem medo de sofrer uma outra decepção. O medo de sofrer, faz com que tomemos decisões que nos impedem de tentarmos ser felizes.

 

Só sabe o sabor do chocolate, quem o experimenta, só entende o segredo e a beleza do amor quem tem coragem de buscá-lo. Mesmo que isso te custe algumas lágrimas, no fim sempre vale a pena.

 

DEUS nos dá a plena liberdade de escolha em tudo na vida, cabe a nós escolhermos qual rumo tomar, qual caminho seguir, quais pessoas confiar, quais decisões tomar. Muitos acham que Deus tem a obrigação de sempre fazer aquilo que queremos ou de nos dar aquilo que esperamos, mas isso nem sempre ocorre, porque nem sempre o que queremos ou aquilo que esperamos é o que há de melhor para nós.

 

Muitas vezes ficamos cegos diante da verdade ou da realidade, por imposição da dor de um sofrimento ou da angustia de uma espera, mas DEUS, este sim sabe o que é melhor para nós… ele nos mostra durante o nosso caminho que direção tomar, cabe a nós escolhermos.

 

O grande amor da nossa vida aparece desta forma… na simplicidade de uma escolha bem feita, de um olhar sicero e bem posto, de um carinho inesquecível, de um segurar das mãos forte e quente, de um beijo simplismente ímpar e de uma respeito inconfundivel. O grande amor da nossa vida não cai do céu como muitos acreditam, nem está a sua espera na próxima esquina se você não estiver disposto(a) a enxergá-lo por medo se sofrer.

 

Enfim, enfrente o medo de sofrer e busque o sonho de ser feliz, pois como eu costumo dizer…faça bem suas escolhar pois elas farão você.

 

Renato Emanuel – http://www.renatoemanuel.blogspot.com/