Ser Missionário é ser Profeta.

O verdadeiro discípulo, o verdadeiro missionário, tem de levar a palavra de Deus em meio adversos, tem de ser firme em sua postura, não falar só o que agrada ao povo…

é necessário que seja dito o que está às escondidas, no escuro, denunciar o que está camuflado, como aparente verdade, mas que de fato não o é, mesmo que isso desagrade a muitos dos nossos.

   Ser profeta é mais do que profetizar sobre guerras, desgraças, isso o mundo está encarregado de fazer, ser profeta é anunciar a paz que Deus nos deseja “a paz esteja convosco”, tendo a consciência que só seremos conhecidos como tal, após ser cumprida a palavra do Senhor, ou seja, quando de fato, aceitarmos Cristo como nossa fonte primária de amor, “o amor de Cristo nos uniu”
   Ser profeta é buscar a paz que está dentro das pessoas, muitas das vezes, pessoas que tem uma conduta lamentável aos demais irmãos, é anunciar para estes, que Deus os vê, com olhos de misericórdia e não de ira, não importa o que se tenha feito, qual seu pecado, sua culpa, Deus lhe quer restaurado, não importa o que dizem sobre sua pessoa, vale mais o que Deus sabe sobre ti, sobre teu coração, é nadar contra a correnteza.
   Ser discípulo missionário na verdade é ser profeta, anunciar a vida, o amor, a paz aonde todos enxergam morte, o ódio a guerra, é navegar num mar tempestuoso, que pode nos sacudir, nos estremecer, mas não nos fazer desistir, pois temos a certeza que Jesus vem em nosso auxílio, para que isto seja cumprido é necessário uma fé incondicional, Santo Agostinho dizia que ter fé é o mesmo que assinar uma folha em branco e colocá-la nas mão de Deus, para que Ele escreva o que quiser, decisão essa difícil de ser tomada e para que consigamos, não podemos afundar na descrença, deixar que as tempestades que formam ondas enormes virem nosso barco, e se por acaso isso venha a acontecer, estenda a mão clame por Jesus que Ele estará em nosso socorro, é a nossa esperança, nosso amparo e refúgio.
   É necessário nos doarmos por inteiro, como a vela que nos empresta sua luminosidade e com tempo gasta se derrete em favor de outros, empréstimo sem juros, somente por amor.
   Que assim sejamos todos nós aos olhos de Deus, luz para as pessoas que estão nas trevas, não salvadores da causa humana, mas sim cooperadores do projeto do Pai.

Deus Vos Guarde,

Ricardo Pereira Fungachi